quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Imprimir

Informaq
Como o setor de máquinas e equipamentos sairá da crise foi tema de encontro internacional de entidade alemã VDMA

Um panorama sobre a atual situação do setor de máquinas e equipamentos, bem como o seu papel estratégico na recuperação da crise e criação de empregos de qualidade foi o principal tema da palestra realizada por José Velloso, presidente executivo da ABIMAQ, a pedido da VDMA - Associação Alemã de Fabricantes de Máquinas e Instalações Industriais, com sede em Frankfurt e que reúne 3.200 empresas associadas, o que lhe confere a posição de maior associação industrial da Europa.

Com a participação de 105 pessoas, na Alemanha, China, Japão, Índia, Bélgica, Estados Unidos, México, Chile, Peru e no Brasil, entre outros países, a reunião contou ainda com membro do conselho da VDMA, Thomas Kaeser, e o presidente da VDMA no Brasil e CEO da Multivac do Brasil que é associada da ABIMAQ, Michael Teschner. 

Como um dos fatores capazes de contribuir para a saída da crise, Velloso discorreu sobre o Custo Brasil, mostrando que os itens que o compõem precisam ser combatidos para melhorar a competitividade das empresas e tornar o Brasil atraente às empresas fabricantes de máquinas para se instalarem no País.

O presidente executivo da ABIMAQ mencionou também o tema das reformas, abordando a Reforma Tributária com otimismo, assinalando que ela deva ser aprovada ainda este ano. A Reforma Administrativa, que é uma reforma importante para diminuir o tamanho do estado e assim diminuir indiretamente o Custo Brasil, também foi apontada na palestra, no entanto deve ficar para depois da reforma dos tributos. 

José Velloso aproveitou o encontro com os empresários internacionais para mostrar que o setor de máquinas e equipamentos está se recuperando rapidamente da crise. Já no mês de julho de 2020 o setor faturou 30% a mais do que no mês anterior e 15% a mais do que no ano anterior.

Outro ponto positivo abordado na reunião foi a questão do emprego, o setor de máquinas e equipamentos empregou aproximadamente 5 mil trabalhadores no mês de julho e com isso, quando comparado com os últimos 12 meses, o número de empregados do setor está apenas 0,1% abaixo, ou seja, o setor já está tendo uma recuperação rápida da crise econômica causada pelo coronavírus.

Fonte:
© Copyright 2020 Abimaq. Todos os direitos reservados.